segunda-feira, 4 de junho de 2012

Flutuações

Quisera ser leve que nem uma pena,

Quisera subir na ponta, com a graciosidade que meu nome transmite (sim - meu nome significa graciosidade.... rsrsrs - ironia pois a minha mãe sempre me comparou a um trator.... kkkk)

Depois dos 30 resolvi realizar um sonho de criança e calçar nas sapatilhas...

E viva o ballet...

Que eu me permita deixar o perfeccionismo de lado e tenha a paciência de finalmente subir na ponta...


E antes que fiquem preocupadas - não... não estou deixando de comer e nem me forçando a dieta radical que "elas" seguem. Não pretendo viver de ballet. Então eu não sou forçada a emagrecer radicalmente para acompanhar ninguém. Estou lá porque eu quero. Apesar que com o essas aulas sou obrigada a quebrar alguns paradigmas:

1. Sim, eu sou a MAIOR sala de aula. Não, eu não estou exagerando... Depois eu ponho uma foto da turma(se elas permitirem..). Vou me esforçar então pra que pelo menos as minha articulações não sofram com a nova atividade... Decidi parar de comer carne. Não de vez... está sendo um corte gradual, ok?
2. NÃO TEM COMO me esconder em camisas, roupas e parará a 4... a professora precisa ver o meu corpo pra consertar a minha postura. E a sala tem espelhos por todos os lados. Triste ver onde eu me deixei chegar por todos os angulos.
3. As alunas estão nesta faixa de idade... dos 27 aos 36... Casadas e algumas com filhos, outras não. Idéia? Essa mesma... realizar um sonho... ;)

Beijos a tod@s...

Boa enegia pra semana!






Postar um comentário